Mapa e Localização geográfica da Arábia Saudita

Localização geográfica da Arábia Saudita

A Arábia Saudita é um país do Médio Oriente, e faz fronteira como muitos países tais como o Catar, os Emirados Árabes Unidos, o Iémen, a Omã, a Jordânia, o Kuwait, e com o Iraque.

Geograficamente o lugar onde está situado este país chama-se a Península Arábica.

Normalmente esta região onde está localizada a Arábia Saudita é chamada de Golfo (os países do Golfo), pela presença do mar do Golfo Pérsico e do Golfo Arábico.

Para ficar a saber onde fica a Arábia Saudita é muito fácil. Repare bem o mapa da localização e dos seus países vizinhos

Imagem satélite da Arábia Saudita

Imagem satélite da Arábia Saudita
Imagem satélite da Arábia Saudita

A região central deste mapa é toda deserto, pode-se notar a Península Arábica rodeada pelo Mar Vermelho no lado esquerdo e pelo Golfo Pérsico no lado direito.

Mapa da Arábia Saudita

Saudi Arabia map and flag – vector illustration

Vamos compreender o mapa:

RIADE CAPITAL ARABIA SAUDITA
RIADE A CAPITAL DA
ARABIA SAUDITA

Riade, a capital do país, encontra-se no seu centro. Medina, Meca, e já agora Jedah, localizam-se numa área relativamente pequena, numa faixa próxima da costa ocidental, banhada pelo Mar Vermelho.

Basicamente a Arábia Saudita confina a oeste e leste com o Mar Vermelho e com o Golfo Pérsico, tendo como vizinhos a sul o Iémen, o Omã e os Emirados Árabes Unidos. A norte, a Jordânia, o Iraque e o Kuwait. O pequeno Qatar e o minúsculo Bahrain são como que enclaves na costa oriental da Arábia Saudita.

Façamos agora a leitura dos aspectos geográficos do mapa da Arábia Saudita. A sul, correndo de leste para oeste, vê-se um enorme deserto, a maior área de areia contígua do mundo, a que chamam de Rub’ al-Khali, com uma extensão de 647,500 km2. Daqui eleva-se para norte o que se pode considerar uma extensão desta zona, mas na realidade praticamente todo o país é um conjunto de desertos ligados entre si a que se dá o nome global de Deserto da Arábia.

A quebra mais notável a esta predominância de desertos é a do Planalto Central, que se forma quase encostado à costa do Mar Vermelho, e onde se encontram as cidades sagradas de Medina e Meca.

Mapas da Arábia Saudita

O imaginário de muitas pessoas a Arábia e os árabes confundem-se com a Arábia Saudita. O nome do país muito contribuirá para isso, assim como a importância de Meca e Medina, que ali se localizam, para o mundo árabe. Mas a verdade é que a capital mais duradoura do império árabe foi Bagdade.

A observação do mapa da região ajuda a compreender a situação: a Arábia Saudita ocupa a esmagadora maioria da ampla península arábica, mais ou menos 80%, e o seu tamanho é muito superior a qualquer um dos outros países árabes do Golfo.

Clique nos mapas para abrir maior.

A geografia da Arábia Saudita

A geografia da Arábia Saudita

A Arábia Saudita ocupa cerca de 80% da península arábica, ocupando toda a sua área central. Esta península desértica é uma clara área de transição: separa a África da Ásia e o mar Mediterrâneo do Oceano Índico.

Esta posição confere à Arábia Saudita uma imensa importância estratégica. As suas costas controlam duas vias marítimas fundamentais: o Golfo Pérsico, por onde passa uma boa parte do comércio mundial de petróleo, e o Mar Vermelho, porta de entrada e saída dos navios que passando pelo Canal do Suez transitam entre a Europa e a costa oriental de África e boa parte da Ásia.

Geograficamente o lugar onde está situado a Arábia Saudita chama-se a Península Arábica
Geograficamente o lugar onde está situado a Arábia Saudita chama-se a Península Arábica

Além disso, há o petróleo. Uma boa parte das reservas mundiais de crude encontram-se no subsolo saudita e sob os seus países vizinhos.

Há oito países com fronteiras com a Arábia Saudita: a sul, o Iémen, o Omã e os Emirados Árabes Unidos. A leste, os pequenos estados do Qatar e do Bahrein. A nordeste o Kuwait e o Iraque, e a noroeste a Jordânia.

Sem uma fronteira directa, mas a curta distância e separados apenas por uma estreita faixa de mar, encontram-se a oeste os países africanos, o Egipto, o Sudão e a Eritreia, e a leste o Irão.

A centralidade da Arábia Saudita, se esquecermos a tendência eurocentrista,  revela-se nos tempos de voo necessário para se viajar de lá para múltiplos destinos: cerca de 8 horas para a África do Sul, 4 horas para a Índia, 4 horas para a Alemanha, 4 horas para a Rússia, 7 horas para a China, 3 horas para a Grécia.